Scroll Top

dicas Lembrancinhas passo a passo

Sabonete artesanal: dicas e receitas para fazer em casa

Produzir sabonetes em casa não é difícil, é barato e pode gerar lucro – tanto no aspecto financeiro quanto no da saúde! Afinal, a maior parte dos sabonetes industrializados disponíveis no mercado são fabricados utilizando uma série de produtos químicos que podem acabar provocando alergias e outros malefícios para a pele.

sabonete-artesanal1

“A principal vantagem é controlar o que sua família e clientes estão usando. Optando por extratos naturais de plantas, óleos e manteigas hidratantes, evita-se alergias e agressões causadas por produtos químicos”, aponta Lê Bottaro, artesã do ateliê Lê Bottaro, que trabalha com a produção de sabonetes desde 2007.

Além dos benefícios para a pele causados pelo uso de produtos naturais, fazer sabonetes em casa pode trazer uma grande vantagem econômica. Com pouco investimento, é possível fazer uma boa quantidade de barras ou de sabonetes líquidos, ajudando a economizar na compra dos produtos para a família.

Outra opção atrativa, é vender os sabonetes de fabricação própria, gerando ainda mais benefícios econômicos. Gastando pouco, você pode ter um alto rendimento e ainda trabalhar por conta própria e sem sair de casa! Quem gosta de fazer artesanatos pode encontrar nos sabonetes uma ótima oportunidade para começar o próprio negócio.

Leia também:

Como fazer sabonete passo a passo

Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

Fazer sabonetes em casa é muito mais simples do que pode parecer. Embora seja necessário um cuidado especial e atenção na execução, as receitas podem ser preparadas com praticidade em sem grandes complicações.

Para que os seus sabonetes sejam de qualidade, é fundamental atentar-se à procedência de toda a matéria-prima utilizada na produção. “Deve se tomar cuidado na escolha dos ingredientes e optar por fornecedores de qualidade. Nem sempre preço baixo é garantia de qualidade! Todos os ingredientes devem ter registro na Anvisa, pois é a garantia do artesão de ter em sua mão uma boa matéria-prima”, aconselha Lê Bottaro.

A artesã alerta ainda que bases com muito álcool podem acabar ressecando a pele e recomenda o uso de ingredientes como extratos glicólicos de plantas, ervas e flores secas, manteigas, óleos, glicerina, mel e seus derivados.

Confira como fazer alguns tipos de sabonetes:

Sabonetes para o corpo

Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

Barra:

  • Base de glicerina;
  • Óleo de amêndoas;
  • Cravo em pó;
  • Anis estrelado;
  • Argila cinza.

Derreta a glicerina em uma panela esmaltada, em fogo baixo. Quando estiver líquida, acrescente algumas gotas do óleo de amêndoas e duas colheres (café) de cravo e misture bem. Na forma, coloque um pouco da mistura. Em seguida, acrescente em cada forminha um pouco de anis e da argila cinza. Depois, cubra tudo com a mistura de glicerina. Deixe nas forminhas até que o sabonete seque por completo e desenforme.

[vídeo passo-a-passo]

Líquido:

  • 200 ml de base para sabonete líquido;
  • 800 ml de água;
  • 30 ml de essência de sua preferência;
  • 10 ml de extrato glicólico;
  • Corante cosmético;
  • Anfótero.

Em um recipiente, misture a base para sabonete líquido com a água, acrescentando a água aos poucos. A seguir, adicione a essência, o extrato glicólico e o corante. Depois, adicione o anfótero até atingir o ponto e a textura desejados. Mexa durante todo o processo. Quando atingir o ponto, deixe a mistura descansar por 24 horas antes de colocar o sabonete na embalagem.

[vídeo passo-a-passo]

Esfoliante:

  • 1 sabonete em barra de sua preferência;
  • Água;
  • Sementes de maracujá.

Rale o sabonete em barra inteiro. Em um pote, acrescente água até que o líquido esteja um dedo acima do sabonete ralado. Tampe bem o pote e deixe a mistura repousar por dois dias, até que o sabonete esteja completamente dissolvido na água. Se não estiver, acrescente mais água e deixe repousar por mais um dia.

Depois desta etapa, você já tem um sabonete líquido. Para torná-lo esfoliante, retire as sementes do maracujá e triture-as no liquidificador. Acrescente as sementes (lavadas e secas!) no sabonete e misture bem.

[vídeo passo-a-passo]

Sabonetes para as mãos

Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

Barra:

  • 1kg de base glicerinada;
  • 70 ml de essência;
  • 100 ml de lauril;
  • Corante cosmético;
  • 50 ml de extrato calêndula.

Corte a base glicerinada e derreta-a em uma panela esmaltada. Com a base totalmente líquida, adicione a essência de sua preferência, o lauril, o extrato de calêndula e algumas gotas do corante e misture bem. Coloque a mistura em formas e deixe secar naturalmente ou no congelador.

[vídeo passo-a-passo]

Líquido:

  • 1 sabonete em barra ralado;
  • 100g de base glicerinada;
  • Corante cosmético;
  • Água.

Adicione cerca de 500 ml de água ao sabonete ralado, leve ao fogo e mexa até que o sabonete se dissolva completamente. Em seguida, adicione a base glicerinada, o corante e mais 400 ml de água. Mexa bem, até que a glicerina derreta e se forme uma mistura homogênea. Deixe repousar por 24 horas.

Sabonetes para o rosto

Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

Barra:

  • 3 colheres de canela;
  • 4 colheres de mel;
  • 1 barra de sabonete facial.

Corte o sabonete em pedaços e derreta-o. Acrescente o mel e a canela, misture bem até formar uma pasta homogênea. Coloque a mistura em uma forma e deixe a repousar até que a barra endureça. Você pode acelerar o processo colocando-a na geladeira. A receita rende uma barra de sabonete.

[vídeo passo-a-passo]

Líquido:

  • Sabão de coco;
  • Óleo de abacate;
  • Óleo de amêndoas;
  • Óleo essencial de gerânio;
  • Mel;
  • Água.

Derreta o sabão de coco até obter uma consistência líquida. Adicione todos os outros ingredientes e mexa bem, até que forme uma mistura homogênea. Coloque em formas, espere o sabonete endurecer e desenforme. Deixe o produto repousar por 24 horas. Feito isso, rale a barra, acrescente água até que ela cubra o sabonete ralado e deixe repousar em um recipiente tampado por cerca de dois dias, até que o sabonete esteja completamente dissolvido. [vídeo passo-a-passo]

Esfoliante:

  • 1 colher (sopa) de sabonete de coco ralado;
  • 2 colheres (sopa) de açúcar;
  • Água ou soro fisiológico.

Misture bem todos os ingredientes e o sabonete esfoliante está pronto!

[vídeo passo-a-passo]

Cuidados contra contaminações

Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

Na hora de manipular seu sabonete, os equipamentos utilizados são tão importantes quanto os ingredientes para que o resultado tenha qualidade. É indispensável seguir algumas regras para não correr o risco de contaminar os produtos e acabar comprometendo todo o seu trabalho.

O primeiro ponto a ser notado é o material de panelas, potes e colheres usados na produção. Evite instrumentos de ferro, inox, alumínio e barro, e atente-se para os plásticos que possam derreter. Prefira potes e colheres de silicone, plásticos resistentes e vidro. Quando às panelas, a recomendação de Lê Bottaro é utilizar sempre as de ágata – as panelas esmaltadas -, visto que essas não soltam resíduos e não reagem com os ingredientes.

Além disso, cuide-se no processo de derretimento! “Use sempre fogão elétrico. A antiga técnica de derreter em banho-maria pode contaminar o produto, pois o vapor pode causar umidade no resultado final”, pontua a artesã.

A preparação do ambiente em que os sabonetes serão produzidos também é importante para que sejam obtidos produtos de boa qualidade. Mesmo fazendo isso em casa, é possível preparar um cantinho com o necessário para uma produção segura, basta tomar alguns cuidados.

“O lugar deve ser claro e arejado. É preciso ter um espaço limpo, reservado somente para a prática; manusear os materiais com touca e luvas descartáveis; não permitir animais domésticos no mesmo ambiente; lavar bem os produtos e cuidar para que o estoque esteja sempre limpo e organizado. E evite preparar o produto perto de janelas abertas, pois a poeira pode contaminar o sabonete”, aconselha Bottaro.

Caso a receita contenha soda cáustica como um dos ingredientes, seja extremamente cuidadosa! A soda cáustica é um produto perigoso e corrosivo que, em contato com a pele, pode causar queimaduras. Na hora de misturar com água, sempre adicione a soda à água e nunca o contrário. Na manipulação, o uso de luvas, óculos de proteção, máscara e roupas de mangas comprida é indispensável.

Outra dica importante, especialmente para quem pretende vender os sabonetes produzidos, é trabalhar com etiquetas. “Sempre coloque etiquetas no produto final, com dados sobre ingredientes usados, data de validade e telefone para contato com a artesã”, destaca Bottaro. A sugestão de data de validade da profissional é de seis meses.

Com as precauções tomadas, a fabricação de sabonetes só tem a te trazer benefícios. Anote as dicas, confira as receitas e coloque as mãos na massa!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.