Scroll Top

dicas saude

Chia: a semente cheia de nutrientes que sacia e possui ação anti-inflamatória

A chia é uma planta da região da Guatemala, México e Colômbia. Conhecida como Sálvia Hipânica ganhou fama pelo uso de sua semente, rica em propriedades nutritivas. Esta pequena semente vem ganhando destaque na dieta de pessoas interessadas em seus inúmeros benefícios, incluindo a perda de peso.

chia

Muito utilizada pela população daquela área, como a civilização asteca, por exemplo, era consumida por aqueles que buscavam força e resistência física. Semente pequena, possui cerca de 2mm de diâmetro, possui cores variadas, dentre ela o castanho, o preto, o branco e o cinza.

Segundo Regina Su, supervisora de nutrição do Hospital Sepaco, dentre suas características gerais, a chia ajuda na promoção da saciedade, no combate à inflamação e produzindo uma ação desintoxicante no organismo.

”Este alimento ainda é rico em ômega 3, fibras, cálcio, magnésio e potássio, além de possui um baixo índice glicêmico. Vale alertar que a semente de chia é calórica, podendo chegar a 486 quilocalorias em 100 gramas”, revela a profissional.

Chia e emagrecimento

O aumento de seu consumo se deu especialmente pela ação coadjuvante em uma dieta buscando a perda de peso. De acordo com Regina, por ser rica em fibras, a chia proporciona uma sensação de saciedade. “As fibras presentes na chia são solúveis, sendo assim, ao entrar em contato com a água a chia vira um gel, retardando a fome e a velocidade com que o organismo assimila os carboidratos”, esclarece.

Além disso, a gordura acumulada é resultado de um processo inflamatório em nosso organismo, o qual não envia corretamente a mensagem de saciedade avisando o cérebro o momento de parar de consumir alimentos, perdendo o controle da fome e da ingestão dos mesmos.

A profissional ainda orienta a melhor forma de consumo desta semente: “Misture 1 colher de sopa em ½ xícara de água. Deixe agir por 30 minutos e consuma 1 colher antes das principais refeições”.

5 benefícios do consumo de chia

Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

As vantagens do seu consumo frequente são variadas, suprindo não somente aqueles que buscam a perda de peso através da ingestão desta semente. Confira alguns de seus benefícios segundo a nutricionista:

1. Regulação da glicemia

Esta semente melhora os níveis de glicemia no sangue, pois ela aprimora a atuação da insulina nas células, facilitando a conversão do açúcar em energia

2. Ossos mais fortes

Segundo a profissional, a chia contribui para dentes e ossos mais fortes e saudáveis, já que a mesma possui alto teor de cálcio em sua composição.

3. Combate aos radicais livres

”Rica em oxidantes, a semente possui em sua composição a presença de flavonoides, compostos que são fundamentais para evitar a formação de radicais livres pelo organismo”, explica Regina.

4. Regula o intestino e desintoxica o organismo

Seu consumo frequente possibilita a melhora o funcionamento do intestino, auxiliando o trânsito intestinal e, consequentemente, evitando a constipação e desintoxicando o organismo.

5. Ação anti-inflamatória

”Sua alta concentração de ômega 3 age como um anti-inflamatório natural, o qual ajuda na prevenção de doenças como depressão, diabetes, artrite.

Como consumir chia

Regina explica que as formas mais comuns de consumo da chia seriam na sua versão in natura (grão), como farinha ou óleo. Sua versão em óleo é vendida normalmente em cápsulas, sendo indicado a ingestão de uma unidade antes do almoço e outra antes do jantar.

Já a sua versão em farinha pode ser utilizada no preparo de massas como pães e bolo, além da possibilidade de acompanhar frutas, iogurte, mingais e sucos, já que é mais solúvel do que o grão. Já as possibilidades do uso do grão são inúmeras, viabilizando grande gama de receitas e acompanhamentos.

15 receitas utilizando chia

Foto: Reprodução / Cozinha Travessa

Foto: Reprodução / Cozinha Travessa

Devido a versatilidade desta semente, o consumo de chia pode ser feito de inúmeras maneiras, seja utilizando-a como ingrediente em uma receita ou ainda adicionada a saladas, preparos de sucos ou como acompanhamento de frutas. Confira algumas opções de receitas as quais utilizam a semente como protagonista:

Rendimento

2 porções médias ou 4 pequenas

Ingredientes para receita de gelatina de chia

  • 2 colheres de semente de chia
  • 300 ml de leite de coco
  • manga picadinha (o quanto baste)
  • amoras (opcional)
  • melado ou mel para adoçar um pouco (opcional)
  • canela em pó a gosto

Preparo

Misture a semente de chia com o leite de coco e coloque mini garrafinhas ou potinhos, colocando umas 2 ou 3 amoras no fundo, se você quiser. As minha mini garrafinhas são da Jo Decor. Leve a geladeira por cerca de 2 horas ou até que atinja consistência de gelatina (mas não tão consistente). Eu achei que a minha estava muito mole, então coloquei um pouquinho de agar-agar e voltei pra geladeira, aí me agradou mais. Depois de pronto, coloque manga picadinha e uma pitada de canela e sirva. Você pode fazer esta receita com outros leites vegetais, como amêndoa ou castanha, por exemplo.

Panquecas de Chia

Ingredientes
  • 1 OVO
  • 1 colher (sopa) de AÇÚCAR
  • 1 pitada de SAL
  • 1 colher (sopa) de MANTEIGA derretida
  • 1 xícara (chá) de FARINHA DE TRIGO
  • 2 colheres de chá de FERMENTO EM PÓ
  • 3/4 xícara (chá) de LEITE
  • 2 colheres (chá) de ESSÊNCIA DE BAUNILHA
  • 1 colher (sopa) de CHIA ou linhaça
Modo de Preparo
  1. Com um fouet, bata o ovo com açúcar e manteiga até misturar.
  2. Acrescente a baunilha, sal, farinha de trigo e vá colocando o leite ao poucos para não empelotar a massa.
  3. Quando estiver tudo bem homogêneo, acrescente a chia e o fermento. A massa não pode ficar muito mole senão as panquecas ficam baixas.
  4. Aqueça uma frigideira com manteiga pincelada em fogo baixo, coloque uma porção de massa no centro da frigideira (eu uso uma concha como medida) e quando formar várias bolhinhas vire a panqueca e espere dourar do outro lado.
  5. DICA: O fogo baixo é para que elas não fiquem cruas dentro, já que são mais altas.

pancake chia

 

Dicas
  • Pura já é uma delicia, mas você pode servir com geleia, mel, frutas, manteiga, creme de avelã, requeijão ou com o que preferir.
  • A chia pode ser substituída por linhaça ou outra semente de sua preferência.
  • Você pode acrescentar frutas picadas à massa, como banana e maçã.

Rendimento: 4 panquecas.

Duração: Pode ser armazenado por 1 dia.

Foto: Reprodução / Pitadinha

Foto: Reprodução / Pitadinha

tradicional deste querido pão de origem mineira, esta receita vai lhe cair como uma luva. Aqui a chia também é adicionada à massa, conferindo um visual todo especial ao pão. Para deixá-lo mais cremoso a ricota é a estrela do prato.

Foto: Reprodução / Blog da Mimis

Foto: Reprodução / Blog da Mimis

 

Advertências sobre o consumo da chia

Em relação ao consumo desta semente, Regina alerta que este, quando realizado em excesso, pode ser prejudicial à saúde. “Como é um alimento que tem um grande potencial para absorver líquidos, ela pode se expandir o equivalente a 7 vezes o seu peso, o que pode ocasionar a obstrução intestinal”.

Outro grande perigo pode ocorrer quando ela é consumida ao natural, sem antes ser hidratada, sendo que ela pode absorver líquidos do próprio organismo, ocluindo (fechando) a região em questão (esôfago ou intestino).

Devido à essa ação, pessoas com pressão baixa, ou hipertensos que utilizam medicação também deve evitar este alimento, pois sua absorção de água do organismo pode levar à quedas bruscas de pressão.

Já as pessoas que utilizam anticoagulantes também devem evitar esta semente. Por ser rica em ômega 3, ela pode potencializar o efeito do medicamento, podendo levar a hemorragias. Pacientes em tratamento com diabetes também não devem consumi-la, já que a mesma atua no mecanismo de regulação de insulina, podendo levar à um estado de hipoglicemia.

”Além disso, por ser um alimento de alto teor calórico, se consumida em excesso, ela pode levar ao ganho de peso”, evidencia a profissional.

Se você não faz parte do grupo de pessoas ao qual o consumo desta semente é contraindicado, inclua este alimento rico em nutrientes em sua alimentação e desfrute dos inúmeros benefícios proporcionados por esta semente, além de conquistar a sensação de saciedade por muito mais tempo. Aposte!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.